No domingo sou dono da rua. E você?

Você conhece o Programa “No Domingo a Rua é Nossa” da Prefeitura de Belo Horizonte, que desde 2010 fecha diversas ruas da cidade ao trânsito de veículos e as transforma em áreas de lazer?

Não conhece? É uma pena, mas você não está só. Através de comentários feitos aqui no caminhada.org, percebi que muita gente também está no mesmo barco.

Por isso, resolvi divulgar a lista das ruas e avenidas participantes. Anote aí:

  • Avenida Otacílio Negrão de Lima – Pampulha;
  • Av. Bandeirantes – Mangabeiras;
  • Av. Silva Lobo – Grajaú;
  • Av. Prudente de Morais – Cidade Jardim;
  • Praça Raul Soares – Centro;
  • Av. Senador Lima Guimarães – Buritis;
  • Rua Branca – Jardim Vitória;
  • Av. Bernardo Vasconcelos – Cachoeirinha;
  • Av. José Candido da Silveira – Cidade Nova;
  • Av. Petrolina – Sagrada Família (ALERTA: local excluído do Programa – confira aqui);
  • Rua Sarandi – Esplanada;
  • Praça Olaria – Olaria;
  • Rua Matutina – Industrial;
  • Av. Henrique Badaró Portugal – Estrela Dalva;
  • Rua Santa Inês do Alto – Barreiro;
  • Avenida dos Clarins – Califórnia;
  • Rua Domício Gabriel de Vasconcelos – Vale do Jatobá;
  • Praça do México – Concórdia;
  • Rua Alto Guandu – São Paulo;
  • Rua General Ephigênio Ruas Santos – Itapoã;
  • Avenida Getúlio Vargas – Savassi.

A ideia é fazer com que as pessoas se apropriem dessas ruas, sintam-se donas do pedaço e impeçam que os automóveis retomem o espaço conquistado.

Apenas uma ressalva: com exceção da avenida Getúlio Vargas, incluída recentemente no Programa, os demais locais fazem parte da lista de dezembro de 2015 da Prefeitura – não encontrei lista mais atualizada – e, de lá para cá, pode ter havido outras alterações.

O que posso garantir é que as avenidas Bandeirantes, Prudente de Morais e José Cândido da Silveira continuam firmes no Programa, pois caminhei recentemente nestes locais.

Domingo na avenida Bandeirantes – Foto: Denise Niffinegger 

Domingo na avenida Prudente de Morais – Foto: José Walker

Quanto aos outros locais, que tal constituirmos uma rede de informação para atualizar a lista?

Por exemplo: quem mora no Grajaú poderia informar a situação da avenida Silva Lobo, quem mora no Buritis a situação da Av. Senador Lima Guimarães, e assim por diante.

Da mesma forma, quem souber de novas ruas que estejam participando do Programa, é só avisar.

Estamos combinados?

Foto de abertura: divulgação Catraquinha

Compartilhe!
  • Guilherme

    Olá José Walker,
    Infelizmente a avenida Petrolina já não faz parte do programa.
    Moro no bairro Sagrada Família e enquanto a avenida esteve fechada ao trânsito de veículos eu sempre descia até lá nos domingos para fazer as minhas caminhadas.
    Mas faz quase um ano que a Prefeitura liberou o trânsito de veículos no local, devido à baixa adesão dos moradores da região.
    Você tem razão, se as pessoas tivessem se apropriado daquela área de lazer, dificilmente os veículos teriam voltado.
    Um grande abraço.

    • José Walker

      Olá Guilherme!
      Que bom que você escreveu, demonstrando seu interesse em colaborar.
      É a primeira contribuição para a atualização da lista.
      Não exclui a avenida Petrolina para não descaracterizar o artigo, mas criei um alerta seguido de um link para a página de atualizações do blog, onde menciono a sua colaboração.
      Um grande abraço!
      Valeu!

  • Ricardo

    Muito legal. Não sabia que a prefeitura fechava tantas ruas assim. Bela iniciativa. Vamos caminhar!

    • José Walker

      Olá Ricardo, que bom te ver aqui de novo!
      Realmente são muitas ruas fechadas, mas ainda há diversos locais que poderiam entrar no Programa da Prefeitura.
      A rua Sapucaí, no Floresta, por exemplo.
      Grande abraço!
      Continue participando do caminhada.org.

  • Muito bom artigo José!
    Parabéns!
    Se eu souber de alguma novidade, atualizo.
    Abraços!

    • José Walker

      Que bom que você gostou Tomé!
      Precisamos ocupar estas ruas antes que os automóveis voltem a fazê-lo.
      Obrigado pela participação.
      Grande abraço!