Os jardins da Igreja São José

Esta partiu da Vera Lúcia, que foi nasceu e foi criada no centro de BH.

Ela se lembra com saudade do tempo em que caminhava pela rua Rio de Janeiro “respirando o ar puro que emanava dos jardins da Igreja São José”, e sugere demolir o prédio comercial que foi construído no local “lá pelos anos 60 ou 70”.

Alega que “este é o momento oportuno para reconstituir os jardins originais, já que a pintura das fachadas da igreja também vem sendo reconstituída através de um belíssimo trabalho de restauração”.

Vera Lúcia tem razão. Vejam a imagem abaixo, provavelmente dos anos 60, onde os jardins a que ela se refere aparecem ao fundo, formando uma aprazível cortina verde entre os prédios e a igreja.

Agora vejam a imagem atual, onde o verde dos jardins foi substituído pelo cinza do prédio comercial, o monstrengo ao fundo, que parece sufocar a igreja.

Obrigado pela colaboração, Vera Lúcia!

Precisamos resgatar os nossos valores, a nossa identidade. Você propõe demolir não um prédio, mas uma aberração, para que sejam reconstituídos os jardins que fazem parte da nossa infância, da infância daqueles que amam esta cidade.

Compartilhe!